21.11.19

E finalmente aconteceu! Depois de sua ultima apresentação em 2016, o McFly finalmente voltou e fez sua apresentação de retorno ontem (20/11) na grandiosa Arena O2 que estava lotada de fãs saudosos.

Em entrevista para o Metro UK, a banda contou sobre como foi estar de volta aos palcos, confira a tradução:

O McFly encontou os fãs ao se reunir para um show único e especial na O2 em Londres na quarta-feira, mas apesar de não se apresentarem juntos há mais de três anos, eles dizem que “é como se o tempo não tivesse passado.
A banda anunciou o show em setembro e deu aos fãs uma “música perdida” [Lost Songs] – faixas que haviam gravado há quase 10 anos atrás – por semana enquanto aguardavam pela grande noite.
Obviamente, os ingressos se esgotaram em minutos, e até a banda se surpreendeu em quão rápido eles foram vendidos.
 
Eu estava pensando, ok, talvez no primeiro dia nós iremos vender quatro ou cinco mil, e aí teremos algumas aparições na TV para divulgarmos o show. Talvez venderemos mais alguns mil depois disso. Aí, às nove horas a venda começou e nosso empresário avisou: ‘é, rapazes, esgotou imediatamente’. Isso deixou a gente muito feliz. Acho que fez a gente pensar ‘Ok, legal, isso é bom. Confirma que podemos fazer isso. — Contou Harry Judd.
 
A banda pode não ter estado ativamente em turnê nos últimos anos, mas quando voltaram para os ensaios dos shows e para a turnê de 2020 que anunciaram desde então, foi como nos velhos tempos.
 
Tom Fletcher explicou: “Foi como se o tempo não tivesse passado. Literalmente desde o primeiro dia foi como se não tivesse nenhum buraco ou pausa, nós voltamos direto aos velhos hábitos. Foi muito divertido tentar lembrar como tocar nossos instrumentos, como tocar as músicas antigas e depois trabalhar nas músicas novas.
 
A vida na estrada tem sido bem diferente para a banda, formada por Harry, Tom, Danny Jones e Dougie Poynter, do que era anteriormente. Agora, a maioria da banda é pai.
 
No entanto, grande parte da equipe principal que trabalha na turnê permaneceu a mesma desde que começaram há mais de 15 anos.
 
O estereótipo da vida na estrada pode ser sobre festas à rodo, mas Tom admite que a banda, dessa vez, tem uma nova perspectiva.

Foto: Retna/Avalon.red

Tom Fletcher comentou: “Conforme você cresce, você percebe que essas partes da turnê que todos acham divertida não é tão divertida assim. É como se só as coisas mundanas sobre a turnê fossem incríveis, e nós temos a mesma equipe há 15 anos, alguns deles estão com a gente o tempo todo. Então, quando nos juntamos para entrar em turnê, não é só a nossa família, é a família agregada da banda e as pessoas que trabalham com a gente. É uma família incrível que viaja junto, então é algo muito especial. Acho que aproveitamos mais agora, não que nunca tivéssemos aproveitado, mas agora realmente entendemos o que a banda significa para nós, o quanto sentimos falta quando ela não estava lá, o privilégio que é poder entrar em turnê e continuarmos uma banda depois de todos esses anos tocando em arenas e o tanto de pessoas que ainda querem nos ver tocar. Há poucas bandas que ainda fazem isso e nós somos tão sortudos por ser uma delas. Então eu acho que tivemos muita sorte e acho que tentaremos aproveitar o máximo de cada segundo enquanto estivermos no palco.

A fanbase do McFly permaneceu com a banda desde o começo, e os meninos são muito gratos por todos que apreciam suas músicas. Ao voltar para a turnê de divulgação dos próximos shows, eles puderam reencontrá-los cara à cara e descobrir o impacto de suas músicas para os fãs
Harry disse: “Tem sido ótimo falar com um monte de fãs online, através das redes sociais e nas coisas de divulgação que estivemos fazendo, e todos eles estão muito ansiosos. Você pode perceber o quanto isso significa para eles e saber das diferentes histórias e as fotos que eles nos mandam quando eles tinham tipo, oito anos de idade quando nos viram em Wembley em 2010 e 2005 e eles ficam tipo ‘é 2019, eu tenho 27 anos e eu ainda vou ver minha banda favorita’. É bem emocionante quando você começa a ler todas essas coisas e começamos a perceber que os fãs estão crescendo e o tamanho do impacto que tivemos na vida deles, tipo, agora temos fãs que são músicos. Quando começamos, tínhamos 17 anos e nossos fãs também eram adolescentes, e agora vários deles têm 20, 30 anos e seus próprios filhos.
 
McFly estará em turnê a partir de abril até agosto de 2020.
Fonte: Metro.co.uk | Tradução: Equipe McFLY Brasil

Somos um site sem fins lucrativos criado e mantido por fãs para fãs. O MBR não possui qualquer ligação com o McFLY, seus familiares, agentes ou seus representantes. Todo o conteúdo aqui apresentado, como notícias, informações, traduções, textos etc., pertence ao site, a não ser que seja informado o contrário. Nenhuma violação de direitos autorais é pretendida. Nós NÃO reivindicamos direito de propriedade sobre nenhum vídeo ou foto, os mesmos pertencem aos seus respectivos donos. Caso algum conteúdo aqui disponibilizado seja de sua autoria e você gostaria que fosse removido, solicitamos que entre em contato conosco imediatamente.

layout criado e desenvolvido por lannie d. - 2020 -